top-banner-image

A Recomposição Induzida do Campo da educação Básica de Adultos: lógicas de apropriação local num contexto político-institucional redefinido.

Livro

Este trabalho pretende contribuir para o estudo do processo de recomposição do campo da educação básica de adultos que, estando a verificar-se no conjunto dos países centrais, apresenta em Portugal especificidades que resultam das circunstâncias sócio-históricas próprias da sociedade portuguesa. Numa abordagem pluriperspectivada, interpretativa e crítica procura-se analisar os processos de institucionalização das novas tendências que diversos autores vêm assinalando e que se revelam na afirmação da importância central da formação para as políticas de emprego e no estabelecimento de novas formas de regulação das instituições promotoras de educação e formação de adultos, com a territorialização e a contratualização da regulação dos meios para concretizar os objectivos que as autoridades político-administrativas definem para a formação.

Foi um esforço de pesquisa que exigiu a interpretação das interacções entre as políticas públicas para o sector da educação e formação de adultos e as lógicas de acção das entidades implicadas neste sector, considerando os ajustamentos que estas têm agora que operar na sua vida interna e nas modalidades de inter-penetração com seu exterior. Assim, a investigação cruza três vias de análise interligadas: a interpretação dos modos como esta recomposição do campo vem sendo induzida pelas políticas de educação e formação de adultos; o esclarecimento dos processos sociais de aproximação a esse campo mais unificado por parte de operadores com tradições e lógicas de intervenção distintas; a compreensão das próprias lógicas de envolvimento dos adultos nas propostas de educação básica, as quais, sendo sócio-historicamente condicionadas, se reflectem também na acção desenvolvida pelos promotores de educação e formação de adultos.
info:eu-repo/semantics/publishedVersion

Publicação

Ano da publicação: 2009

Identificadores

Títulos Alternativos